Logo Logo2

Crítica | Turma da Mônica: Laços

3 semanas, 6 dias atrás - Visto 23 vezes

Os fãs da Turma da Mônica, estavam aguardando por um filme do universo criado por Maurício de Souza. Hoje vamos falar um pouco mais de “Turma da Mônica – Laços”. Bora para o post?

Vale ressaltar que o filme é baseado na graphic novel do mesmo nome. Levando muita aventura e diversão tanto para leitores e agora, para os telespectadores.

Uma grande aventura do qual o principal objetivo é resgatar o cão do Cebolinha, o Floquinho. Os quatro aventureiros vão embarcar rumo ao desconhecido, seguindo algumas pistas para chegar no homem misterioso que sequestrou o pobre animal.

O longa possui um amadurecimento no decorrer de toda aventura, mostrando principalmente o valor da amizade e o espírito de companheirismo em diversas circunstâncias.

Roteiro consegue agradar os dois públicos, o infantil e o adulto, deixando uma sutileza ímpar logo nos primeiros minutos.

O destaque maior é pela atuação das crianças, estávamos vendo na tela, toda turma em carne e osso, realismo indiscutível, ficaram perfeitos! Atuação? Nota 1000! Eles se jogaram em suas atuações, toda emoção é vivenciada nos mínimos detalhes. Menção honrosa para Monica Iozzi, Paulinho Vilhena e Rodrigo Santoro.

Vale a pena? Sem sombra de dúvidas, poder ver toda Turma da Mônica é relembrar e ligar o modo nostálgico e reviver bons momentos da nossas infâncias.

Filmes Crítica Matérias

Compartilhar nas redes sociais

Sobre o Autor

Botter

Colaborador

Jogador e professor de xadrez. O típico nerd apaixonado por ciências, astronomia e astrofísica. Ah! Viciado em literatura, hqs, filmes e séries. Café combina com Pizza.