Logo Logo2

Crítica | First Man

1 semana atrás - Visto 20 vezes

Em comemoração aos 50 anos da ida à Lua, não poderíamos deixar de falar sobre o longa, “First Man” cinebiografia que retrata de forma intensa todo árduo caminho de Neil Armstrong em ser o primeiro ser humano chegar até a lua.

O Primeiro Homem, narra uma parte da vida de Neil, à partir do momento em que ele torna-se piloto de teste, arriscando sua vida por inúmeras vezes, até o grande dia, do qual ele pisou na Lua e deixou sua marca na história da humanidade.

O longa é baseado na obra literária de James R. Hansen, logicamente o livro abrande muito mais de toda vida de Armstrong.

Ryan Gosling conseguiu mostrar através de uma atuação impecável, os mínimos detalhes da personalidade de Neil Armstrong, afinal, ele era um sujeito reversado e em certos aspectos “frio”.

O roteiro conseguiu permanecer estável e manter uma boa sintonia e fluidez, mesclando toda jornada dos Estados Unidos em sua corrida espacial e do seu principal protagonista, Neil Armstrong.

Efeitos especiais é um dos pontos fortes do longa, recriaram de forma minuciosa os foguetes, ambientação e evolução tecnológica da época. Nota 1000 para essa categoria.

O espectador vai ser “lançado” em todo o Projeto Apollo, desde o incidente com à tripulação da Apollo 1, do qual recriarem todo o incidente de forma intensa e impactante.

Vale a pena? Em partes, sim. Se você gosta de um filme biográfico é uma boa pedida, além de conhecer todos os altos e baixos de diversos homens e mulheres que fizeram um tremendo esforço com todo o Projeto Apollo. Boa diversão!

Filmes Crítica

Compartilhar nas redes sociais

Sobre o Autor

Botter

Colaborador

Jogador e professor de xadrez. O típico nerd apaixonado por ciências, astronomia e astrofísica. Ah! Viciado em literatura, hqs, filmes e séries. Café combina com Pizza.